Bicicletas Paradas

O índice de pessoas sedentárias e anti-atléticas aumenta a cada dia com a compra de uma nova moto ou carro. Não estou questionando o conforto e a segurança proporcionado por eles, mas o mal costume imposto pela agilidade dos mesmos em resolver nossos problemas, como ir ao supermercado, chegar ao trabalho mais rapidamente, passear pela cidade com mais comodidade e segurança.

A questão em destaque não é possuir ou não um bem material, mas sim tomar cuidado com o sedentarismo que hoje em dia afeta uma grande parte da população, deixando-os relaxados demais e descuidados com a própria saúde.

Acho que não estou exagerando ao comentar sobre isso, pois o que vemos diariamente é o número de automóveis aumentando nas ruas das cidades pelo mundo afora. Sendo usados para tarefas simples, como comprar pão na padaria da esquina. Verdade, isso acontece sim.

Enquanto isso as pobres bicicletas estão esquecidas nas lojas e oficinas, esperando para serem compradas e usadas, e voltarem a passear com você pelas ruas da cidade, melhorando a sua saúde, poupando os mangos do seu bolso com combustível e deixando o meio ambiente mais limpo e perfumado.
Percebeu os benefícios de andar de bike?

Bicicleta hoje é tratada como brinquedo infantil na maioria das vezes, e enquanto a criança cresce, vai-se poupando dinheiro em uma conta para que ela compre seu veículo logo que complete sua maioridade. Isso deixa o jovem mal acostumado, sedentário, indisposto, sujeito a problemas de saúde como estresse, o próprio sedentarismo, problemas cardíacos e respiratórios causados pela falta de práticas esportivas, etc...

Digo essas coisas pois conheço vários amigos e amigas que tem uma espécie de imã conectado diretamente da bunda para o banco da moto que não desgruda nem com inversão de polaridade. E quando os chamamos para ‘bater uma bolinha’ ou fazer uma caminhada, eles inventam mil e uma desculpas para não irem. Mas chega o fim de semana, estão rodando pela cidade, comendo em rodízios e vivendo a vidinha insaudável que levam.

Voltando a falar das bicicletas, seria muito mais útil, econômico e saudável se todos aprendessem a usá-las diariamente para ir ao trabalho e fazer tarefas simples como encontrar amigos, sendo provado científicamente o resultado dessa atividade como a redução do estresse do trânsito, causado pelos incidentes e a lentidão, recuperação da disposição física motora, regulação da respiração, entre outros benefícios.

Diminuindo também os gastos com combustível, manutenção, revisão, entre outros que temos com os automóveis. Sabendo também que bicicleta não estraga fácil, não é mesmo gente?

Também se vê o benefício ambiental com a redução de emissão de gases CFC na atmosfera e a poluição sonora que temos todos os dias.

Deixe mais vezes o carro e a moto em casa, use-os apenas para dias chuvosos, sair com a família ou com a galera, ou para fazer viagens longas. Tenho certeza que seu bolso agradecerá e muito. Sua saúde te recompensará com muita disposição, um pulmão firme e um coração duro na queda.

Bicicletas não podem ficar paradas ou esquecidas, no fundo de casa, nas lojas ou oficinas. Bicicletas são tão nossas amigas quanto um cachorro.

Procure a loja mais próxima ou mais barata e compre já a sua. Também tem várias bicicletas usadas, porém reformadas e baratas nas oficinas próximas da sua casa.

E aí, vamos dar um rolê de bicicleta?

Obrigado por ler esse post. É uma questão de saúde humana e ambiental. Compartilhe nas redes sociais e marque seus amigos. Monte um grupo de pedalada e passe essa ideia de saúde para frente.

COMPARTILHAR

Autor:

Locutor, atleta, coach do bem estar, humorista, imitador, e muita coisa. Como digo, "1001 em 1".

Apaixonado pela Luane, pela Laís e pela Letícia, por comunicação social, por HQ, por animes, pelo Flamengo, por blogar e principalmente por JESUS.

Anterior
Proxima