Deixem os meninos empinarem, no local certo.

Recentemente em nossa cidade (estância turística) tivemos uma operação policial, do estilo blitz, onde foram apreendidas várias motos juntamente com seus condutores na praça principal do município. Os policiais já vinham monitorando um grupo de jovens que praticavam direção perigosa nas ruas da cidade, principalmente nas noites de quarta-feira em frente a praça da Matriz, localizada no centro da cidade, próximo à feira municipal, onde acontece um evento municipalmente conhecido como Pastel.

Imagem da internet

Aquela área é ocupada por jovens que saem a noite para encontrar seus amigos, conversar, brincar, reunir a família galera e se divertir. Também circulam por alí famílias que saíram juntas a noite para saborear um delicioso pastel ou um açaí, acompanhada de suas pestes crianças.
Sim. Criança dá trabalho, atravessa a rua correndo do nada, faz escândalo e tudo mais. E na praça da matriz a noite não dá muito certo deixá-las descuidadas. Principalmente quando se tem jovens que gostam de empinar, aparecer para o público ali presente e, de vez em quando, dar uma ralada em suas costas e traseiros naquele asfalto.

Imagem da internet

Aquela operação gerou uma polêmica municipal discutida por várias pessoas, com várias opiniões diferentes, e em várias lugares. Seja em casa, no trabalho ou na internet, só se falava da blitz e das motocas presas. E pra completar, sobrou para as pessoas da internet que falaram mal, xingaram ou criticaram o trabalho da polícia nas redes sociais.

Onde parece ser uma terra sem lei, mas não é. Onde muitos escrevem o que querem, lêem o que não querem e consegue-se tretar bastante sobre um assunto. Aconselho terem mais cuidado, pois no dia seguinte um processo pode bater a sua porta, ou ser exposto publicamente se retratando por algo ofensivo direcionado à uma pessoa ou orgão.

Liberdade de exprêssão - Clique aqui para saber mais

Mas vamos agora a uma possível solução para os problemas de todos nós, onde deixarão muitas pessoas felizes e trará benefício e entretenimento para o município, a meu ver.

Realmente, em vias públicas, qualquer manobra que ponha em risco a segurança alheia caracteriza-se como direção perigosa:

Artigo 34 do Decreto Lei nº 3.688 de 03 de Outubro de 1941
Art. 34. Dirigir veículos na via pública, ou embarcações em águas públicas, pondo em perigo a segurança alheia:

Pena - prisão simples, de quinze das a três meses, ou multa, de trezentos mil réis a dois contos de réis.
Fonte: JusBrasil.com.br

Contra isso não há choro que livre. É parte da consciência de cada cidadão.
Tenho certeza que nenhum dos garotos que empinam gostariam de ter sua mamãe atropelada por um rapaz que se desequilibrou enquanto manobrava sua meiota sobre uma roda, e a atingiu enquanto ela voltava do IG com uma sacola cheia de compras, e perceber que seu iogurte estourou com o impacto. Seria muito trágico.
Então é bom pensarmos que existem várias mães, pais, irmãos de várias pessoas na rua, e que ninguém pode prever o imprevisível.

Mas a pergunta que eu e meus primos e primas estávamos questionando é?
- Mas havia um local para praticar manobras na área do ginásio municipal. O que aconteceu?

E a resposta é: - Não sei.

Realmente havia um local no complexo do módulo esportivo onde os jovens impinavam suas barulhentas, ralavam suas bundas, e a sociedade não tinha nada a temer e a ver com aquilo. Mas por algum motivo de força maior aquele local foi fechado e os rapazes não puderam mais brincar ali.

Mas porque fecharam? .. Vai saber né.. Só Jesus pra entender essa nossa prefeitura e a nossa querida promotora Dra. Alba da Silva Lima. Porque tudo que acontece de estranho na nossa cidade é atribuído a ela. Não sei se é verdade, mas dizem que é. (risos)

Visto expulsos do local onde se divertiam e se ralavam pra passar merthiolate em casa, ficaram sem rumo igual cachorro sem dono. E para onde vai um cachorro sem dono e sem quintal? .. Sim meu amigo, para a rua (com todo respeito rapazes, não estou chamando vocês de cachorro.. É nóis truta). Então não culpe os garotos, culpe os responsáveis por tirarem o seu playgroud ou parquinho pra você entender melhor.

Contudo, vejamos uma solução.

Se a secretaria de esportes está vendo o interesse dos meninos em praticar manobras perigosas e intrigantes, se eles vêem pessoas apaixonadas por motos se arriscando nas ruas da cidade, que gostam de se exibir, chamar atenção do público e das gatas maria duas rodas, se nossa cidade está uma paradeira total sem cultura ou animação para nada mesmo tendo o falso título de estância turística, porque não criam eventos de rua para entreter a cidade, divulgar o talento dos garotos e criar movimento pra essa nossa Ouro Preto que está mais para ser do "Velho Oeste"?
Será que não temos verbas na secretaria de esportes?
Se não temos verbas para criação de eventos envolvidos com o esporte e cultura, para onde está indo esse dinheiro?

Imagem da internet

Não estou questionando a autenticidade da existência dessa verba ou de estar sendo desviado para outros fins, mas como cidadão e desportista da cidade, e principalmente como alguém que gostaria de ver esta cidade crescer e seu um lugar melhor para todos, eu desejo muito saber porque nada é feito para benefício do esporte, cultura e lazer deste município. Algo que já está esquecido a muito tempo.

Imagem da internet

Mas como um legítimo ouropretense do oeste de coração, filho da terra, eu acredito que tudo terá uma resolução e que nossa administração atual e competente trará uma solução rápida para isso. E chegando esta postagem até seus olhos, eles analisarão as opiniões aqui mostradas e apresentarão também seus pontos de vista para uma solução rápida e fácil. Reconstruindo assim a paz entre os praticantes da modalidade motociclística e as autoridades municipais.


Lembrando que para todo problema há solução.

Apresente seu ponto de vista e comente a publicação.
Se concorda ou descorda de algo, gostaria muito de conhecer sua opinião.
Compartilhe nas redes sociais nos botões abaixo:


COMPARTILHAR

Autor:

Locutor, atleta, coach do bem estar, humorista, imitador, e muita coisa. Como digo, "1001 em 1".

Apaixonado pela Luane, pela Laís e pela Letícia, por comunicação social, por HQ, por animes, pelo Flamengo, por blogar e principalmente por JESUS.

Anterior
Proxima